Mostrando postagens com marcador Brasil. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Brasil. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Diálogo entre mãe e filho, sobre as eleições...Afinal, de que lado você está ?

   Ontem, acordei triste...
Quando votei eu tinha sonhos maiores..."Agora vou cuidar de minha vida" - é o que pensamos muitas vezes! mas é claro que em nossos atos diários cuidamos de continuar a respeitar os princípios de valor moral,ético e espiritual , pois estamos acostumados a fazer a nossa parte...apesar de tudo! E coloquei isto no Facebook.
  Então meu filho Roberto, em diálogo comigo, me chamou atenção para algo...
 - " Oi, mãe. Para te ajudar a espantar o pensamento que você menciona basta perceber que não há sentido nele. Milhões de pessoas do Nordeste votaram no Aécio. E muito mais pessoas votaram na Dilma nos estados do Sul e Sudeste (26,7 milhões de pessoas) do que nos estados do Norte e Nordeste (24,8 milhões de pessoas). Há um mapa colorido de vermelho e azul que vem sendo divulgado na internet como argumento para um pensamento separatista. Veja, tanto Minas Gerais como o Rio de Janeiro votaram majoritariamente na Dilma e eles não apresentam a ideia de deixar o Rio e Minas como parte do Nordeste numa eventual separação. A interpretação que estão fazendo deste mapa é estúpida ou mal intencionada. Tal interpretação mostra bem a falta de análise profunda de nosso povo como um todo e como é facilmente manipulado para formar aquele tipo de comportamento de grupo tão odioso. Além do mais, mãe, corrupção existe no nosso país desde sempre, literalmente. Não foi invenção deste ou daquele partido. Se está ou não mais intensa agora é uma afirmação absurda, pois a corrupção simplesmente não é contabilizada e qualquer prognóstico disso, nesta altura do campeonato, estaria munido de interpretação e interesses. Enfim, argumentar sobre uma separação do país por conta do resultado das eleições é uma grande piada desprovida da lógica mínima necessária para ser levada em consideração."

 - "Querido , tenho de dar-lhe a mão à palmatória...rs..(como se dizia antigamente), no sentido de que não devo sentir-me abandonada pelos que votaram diferentemente de mim. Valeu este diálogo e também, simplesmente porque, se eu for coerente com o que pensava antes... a maioria talvez esteja apenas indo atrás de suas esperanças de uma vida melhor! A gente se deixa levar pela emoção da decepção de expectativas, e isto pode ser perigoso,não é mesmo? Não foi por eu ter visto na mídia algo sobre pensamento separatista que comentei aqui sobre como me sentia - confesso a você que realmente me senti assim, como se quisesse dizer a quem me deu as costas: " Vocês querem continuar com este partido e com esta situação , pois que fiquem com ele!" Logo eu que não sou ligada a partido nenhum, nem sou afeita a grupos! Sim, eu vi o mapa e me desiludi com o próprio povo que eu defendia até uns dias antes da eleição...porque eu dizia então, que nós do povo não podemos ser culpados por nosso voto e boa fé, pelas falsas promessas que não são cumpridas pois que ao votarmos, acreditamos nelas porque é delas que precisamos - é a esperança de melhorias reais.     Ah! filho, bem sei como seria dificil para qualquer político de qualquer partido, conseguir sozinho administrar tendo olhos para tudo e acabar com a corrupção ( eu dizia isto a seu pai). Corrupção e violência sempre existiram mas parece que a coisa piorou muito! vivemos com medo de assaltos, de violência, de sequestros, de tiros dados por drogados que não veem mais o que fazem e a quem fazem, por balas "perdidas" que encontram o alvo errado, e pela violência gerada pelo próprio medo e impaciência. Não posso evitar sentir medo destas coisas, mais por vocês do que por mim.Como comentei, reconheço que estava querendo um salvador, alguém que tomasse nos ombros a responsabilidade social mais ampla de tentar efetivamente ajudar a sociedade a ter a proteção de seus direitos e a regalia de uma vida com melhor padrão de serviços públicos. Os chefes de Estado são como os pais, deveriam dar o exemplo pois sua prole observa e aprende...mas quando amadurecemos cada um de nós, "individualmente" tem oportunidades de se corromper, de roubar, de puxar o tapete de outros em seu único benefício, independente de partidos políticos, religião, etc.( mas nem tanto, pois não posso acreditar numa total independência do meio em que se vive).

    Assim, como comentei,enquanto pudermos fazer escolhas, apesar de tudo devemos fazê-las levando em conta os valores que julgamos morais, humanitários e justos... Ocorre que, os grupos sociais tem valores diferentes e se habituam com o que se torna comum em seu meio. Por isto, precisamos sempre que possível, perseverar no lado do que pudermos chamar honestamente de "bem" ". 

     Resumindo este momento de "pensar em voz alta" e dialogar com você Beto... sim filho, talvez não estejamos de lados opostos, nós do povo que foi às urnas... talvez estejamos como sempre gosto de pensar, do lado do ser humano... talvez quase todos nós estejamos apenas tentando nos agarrar à uma esperança de podermos levar nossa vidinha comum no nosso próprio ritmo quando possível, voltados às nossas próprias preocupações, às nossas famílias, ao nosso trabalho que nos dá um senso de participação e dignidade seja em nossa casa ou fora dela, e isto já seria o bastante - cada um fazendo o melhor no que lhe cabe fazer. Enfim, talvez todos nós que fomos votar ( com exceção, desculpe, dos vagabundos e folgados oportunistas de plantão é claro! e daqueles que desviam dinheiro das melhorias públicas e trocam favores que os mantenha num cômodo e alto padrão de vida) estejamos em busca de uma vida mais digna e feliz, participando como células de um todo, cada um à sua maneira, cada um com sua consciência. Beijo.


foto/texto:Vera Alvarenga e Roberto Alvarenga
l

domingo, 8 de junho de 2014

Copa no Brasil...Sinto vergonha?

Como fico triste ao ler os comentários no FACE sobre a Copa no Brasil, sobre o futebol que antes era um orgulho nacional, paixão do povo brasileiro e agora....
  Há uma parte das pessoas, aliás haverá sempre infelizmente, que culpa a pessoa estuprada ou violentada de ter dado um motivo, de ter se mostrado confiante demais ou até por ser mais frágil, ou ignorante naquele assunto, não tendo sido educada para saber se defender, etc...
  Acho que isto é um grande erro, pois deste modo se diminue a culpa, desvia-se a atenção do verdadeiro criminoso que seduz sua vítima para depois violentá-la.
  É o que penso a respeito das eleições, da Copa, do Futebol e de nosso povo. Será que deveríamos desde crianças ser educados para não confiar, para não termos infância, nem esperança, nem ingenuidades. Devíamos voltar ao tempo em que não houvesse governo, nem administração, e cada um cuidasse de sua família e a defendesse com armas, unhas e dentes, não havendo a cooperação, obediência às leis nas quais se deveria confiar, nem nos nossos representantes que deveriam estar representando nossos interesses e cuidando de sua realização de forma ordenada e adequada?
  Não ,não sinto vergonha do povo brasileiro honesto e trabalhador, sinto vergonha dos artistas que acreditam ainda no PT, dos estudantes inteligentes que parecem ainda acreditar numa fantasia, sinto vergonha do governo dos últimos anos, que alimentou e incentivou a corrupção que ocorre entre os grandes interesses, pela impunidade que demonstrou para tratar com políticos corruptos em seu próprio meio.
  O povo trabalhador não é corrupto! Paga impostos e muitos, vive uma vida difícil, não tem acesso aos benefícios aos quais teriam direito, enfrentam as greves e o trânsito para ir trabalhar pois não tem motoristas nem helicópteros a disposição para ir e vir. O povo simples, a classe média, é enganado por falsas promessas antes das eleições e tudo foi muito bem escondido até vir a julgamento. Aqueles que teriam capacidade de  devolver a dignidade ao país são ameaçados, não encontram apoio suficiente para enfrentar tal missão. Para pagar os projetos absurdos e  mal concluídos do governo e empresas por ele protegidas, o dinheiro do povo honesto e trabalhador é desviado da Saúde, Educação e Segurança.
  O esporte, não só o futebol, que deveria ser patrocinado o tempo todo pelo governo como meio de educar e proporcionar oportunidades e ambiente sadio aos nossos jovens, só recebeu em vésperas da Copa a atenção devida. E todos sabem que o esporte também é um excelente meio para se educar um povo em vários sentidos inclusive de disciplina, flexibilidade, criatividade e esforço cooperativo.
   Sinto vergonha sim de termos tido por tanto tempo governantes que retiraram de nosso verde a seiva, os nutrientes da terra, a pureza das águas, o brilho do amarelo de nosso sol tropical, os sonhos das nossas noites estreladas. Somos um povo pacífico, simples, trabalhador que, por causa do poder de poucos passamos a ser vistos e tratados sem dignidade. Isto é muito triste. É como ver um parasita e ervas daninhas acabando com o mais belo dos jardins, com a mais bela floresta, ou células cancerosas a danificar o corpo de quem amamos...Partidos políticos é que deviam se envergonhar, e finalmente apresentar um candidato digno em quem possamos votar para acabar com esta pouca vergonha!
  Quando você entrega um filho nas mãos de um cirurgião, você não tem de ser também um médico, mas precisa confiar em que aquele profissional se preparou e vai fazer o melhor possível em seu trabalho e para honrar sua promessa!! Não podemos culpar o povo pela corrupção dos políticos, por sua ingenuidade e esperança, ou por deixar aqueles que se dizem seus representantes preparados para representá-lo fazer seu trabalho. Não podemos culpar o povo simplório que vive nos rincões, vai votar e acredita nas promessas porque nem tem acesso à realidade dos fatos, não podemos culpar ........... a menos que sejam estudantes esclarecidos, pessoas que tem acesso aos noticiários e compreendem o que está havendo... estes sim podem ser acusados de não usarem bem seu voto se continuarem a votar para que esta vergonha continue.
   Quem se candidata para devolver a dignidade ao povo brasileiro?? E devolver ao futebol, não apenas "o ouro do bom negócio" mas a verdadeira paixão que era antes celebrada pacíficamente em alegria nacional???

sexta-feira, 30 de maio de 2014

Para quem vou torcer na Copa?

COPA DE 2014 – BRASIL
Não tive tempo de ler todos os comentários de um post que está no FACE. Não costumo adotar um dos lados dos extremos, mas nossa política chegou ao extremo da vergonha e corrupção nestes últimos anos. Se eu assistir a alguns jogos vou torcer pelo Brasil, é claro! mas pelo Brasil dos brasileiros, pelo time que deveria trazer sim, por que não? a alegria aos que amam o futebol e os esportes. O esporte é algo que pode servir também para educar as crianças, os jovens e tem o poder de ser usado para trazer melhorias, é claro! E deveria ser patrocinado por nosso governo não só na Copa, embora em vésperas dela seja providência correta em todos os países sede.
 Só não posso torcer ou aceitar o Brasil dos Políticos que estiveram nos enganando e agindo por seus únicos interesses, esquecendo a melhoria nos hospitais, serviços, educação, segurança e salários. Embolsando nosso dinheiro prejudicaram por demais todos os outros setores dos quais deveriam cuidar. Contudo, como protestar nas eleições??? Pergunto... COMO?? Não tenho certeza de que algum dos candidatos prováveis tenha, como diriam os homens, culhões de fazer as mudanças honestamente necessárias e MORRO DE MEDO do PT ser reeleito graças aos recursos que usa para enganar a população...fiquei impressionada com o comentário de Carmem Lúcia, você leu? Ela tem razão...lavar roupa suja em casa, penso eu, é coisa que só tinha honra antigamente, em alguns raros casos, porque na verdade como ela diz, é algo extremamente confortável para quem está violentando e abusando do direito dos que estão sob seu poder! Muito triste isto...

Vergonhoso que os políticos tenham conseguido silenciosamente e aos poucos como células doentes, espalhar seu mal por toda a nação, prejudicando o povo em todos os sentidos para se auto alimentar. Como podemos protestar nas eleições? Haverá realmente esperança? Sempre fui e sou contra a Ditadura!! mas ultimamente chego a pensar - talvez se houvesse alguns responsáveis honestos e honrados no exército, que não se deixassem comprar pelos poderosos petistas e outros da mesma laia, talvez o exército tomar conta de nosso amado Brasil para restituir segurança e respeito ao povo, talvez fosse realmente uma provávelmente boa solução para o momento. Ou, quem sabe se o ministro Joaquim Barbosa se candidatasse, com apoio do exercito e outros que sejam honestos e firmes como ele parece ser, talvez tivéssemos um bom governo. Na ocasião do julgamento do Mensalão cheguei a pensar que ele parecia um pouco "vaidoso". Quem sabe o que me pareceu nele, vaidade, seja apenas o orgulho de estar lutando com honra pelo que acha verdadeiro e correto. Ele parece ser um homem íntegro e, realmente nestes tempos de hoje, homens assim tem o direito de sentirem orgulho pelo que defendem, que é a Justiça. Contudo sabemos que homens assim sofrem pressões e por vezes ameaças, não só para si mas para seus familiares. Peço a Deus que o proteja ! É um momento difícil para nós, o povo brasileiro, e temo pela segurança de muitos, por nossos filhos e netos, pois sempre há aqueles arruaceiros bandidos mandados ou não, que se aproveitam dos protestos pacíficos para fazerem sua perniciosa bagunça. Sempre tive orgulho de ser brasileira, de viver num país em tempo de paz, com um povo trabalhador sim, alegre e de bom coração, e que tinha esperança de ir crescendo e resolvendo suas falhas internas como sinal de um progresso crescente. Hoje, o povo honesto precisa conviver com a criminalidade que se instalou, por conta da corrupção e descaso das autoridades do pais, em todos os cantos. Temos mais medo. Os que não trabalham e os que estão presos recebem, por vezes, mais atenção do governo do que todo o resto da população pobre mas que se sacrifica e trabalha honestamente. E estamos indignados ao saber que outros países possam pensar e dizer que somos um povo de "palhaços", desonestos e vagabundos!!!
Esta crise que traz indignação e revolta realmente mostra a que ponto vergonhoso chegou a corrupção e desmandos neste país.

Link do texto que aqui comento:
http://tiagoalbuquerque.jusbrasil.com.br/noticias/120902479/lei-da-copa-comeca-a-valer-veja-o-que-muda-pelo-brasil?utm_campaign=newsletter&utm_medium=email&utm_source=newsletter  

terça-feira, 25 de junho de 2013

Eu também odeio passeata quando tem confusão, mas estou aqui!

Eu também odeio passeata quando tem baderna, e estou aqui!
Sou uma pessoa normalmente calma e pacífica(exceção quando alguém mexia com meus filhos!).
 Não, não sou alienada, preguiçosa, ao contrário, sempre cumpri com meus deveres, sempre fui muito séria e responsável, desde criança, acho que é coisa de berço, mas nunca fui de participar de passeatas e, pelo meu modo de ser e tipo de sensibilidade, achava sempre melhor fazer a minha parte para cooperar com o todo e continuar com esperança. Tenho a mania de acreditar que, se cada um fizer sua parte ( ou fizesse, no caso dos políticos deste maravilhoso país), todos poderíamos ter direitos respeitados, inclusive o de ficar curtindo a família ao invés de ir às ruas reclamar pelo que outros deixaram de fazer.  Deixava sim, os protestos veementes para quem tem mais jeito para isto e pensava que estas pessoas tem mais ferramentas para fazerem um protesto alcançar seu fim. Eu tenho também minhas ferramentas para outras coisas terem êxito. Cada macaco no seu galho, ué! Mas, paciência tem limite, amor e esperança acabam se não forem alimentados...
http://www.pontodopowerpoint.com/2013/06/o-povo-acordou.html
Parabéns Yolanda pelo post, e Dea Maia pela arte digital!

 Parabéns Boechat ! É isto mesmo, NÃO AGUENTO MAIS é o grito para quem esteve tanto tempo em paz e viu esperanças frustradas!!
" Eu Odeio passeata, estou aqui" - era um dos cartazes!!
 Tentar adaptar-se e preservar a paz, não pode ser para sempre, se o fato de calar leva o outro ao abuso. Às vezes é preciso gritar, falar, mostrar que estarmos caladas não era por covardia ou ignorância, era até por idealismo,heroísmo ou esperança que foram frustradas. Então, também estou aqui!
Por que ainda precisamos gritar para conseguir respeito e viver em paz com dignidade? E ainda disseram que não havia um objetivo claro a definir a razão do protesto????
   O objetivo é sempre o mesmo quando se trata de lutar contra DOMINADORES ABUSIVOS : 
  - RESPEITO E DIGNIDADE!

Assim, quando mulheres pacíficas saem às ruas ou participam à sua maneira do protesto, é porque estão cansadas, indignadas!


Se quiséssemos USAR DO PODER para DESTRUIR, ou ABUSAR, seríamos iguais aos que superfaturam as obras públicas ou a todos os que ABUSAM dos que são generosos e querem apenas viver em paz, cumprindo com suas obrigações. Não! Não somos baderneiras, ou contestadoras  estamos "cobrando" apenas o que nos cabe por direito, como uma mulher COBRA de seu homem o respeito que a ela é devido! E é o homem covarde e dominador que vem com aquela história de que NÃO DEVEMOS "COBRAR" , porque eles sim, são comodistas e querem continuar na deles, como se fosse possível viver sem apoios. Dependemos uns dos outros e a harmonia também depende de cooperação dos dois lados!!! E estamos lutando mais uma vez por um mundo melhor para nossos filhos... e netos... eu temo revoluções exatamente por eles, pois são sempre os nossos jovens os sacrificados, por isto me rebelo agora, para que eles não se sintam sozinhos, para que eles possam viver num país com mais Justiça e MENOS CORRUPÇÃO IMPUNE !!!  Vera



 http://4.bp.blogspot.com/-DFEgVXJYIwQ/UcjQu54jysI/AAAAAAAAGi4/N4hjokpjYm0/s400/deixa_eu_dizer_red.png

Clic para compartilhar com...

Compartilhe, mas mantenha minha autoria, não modifique,não uso comercial

 
BlogBlogs.Com.Br
diHITT - Notícias